16 min.

Update:

Décadas de pesquisas e estudos mostraram provas irrefutáveis de que a maconha contém propriedades medicinais1. Esta é a razão óbvia pela qual os veterinários estão interessados em usar óleos de CBD para cães e gatos, já que ambos possuem um sistema endocanabinóide capaz de processar o CBD.

Como para os seres humanos, os óleos CBD para animais de estimação vêm em uma variedade de formas para tratar várias doenças. O CBD é uma abordagem natural para o tratamento de problemas de saúde comuns em animais como epilepsia ou artrite. Os benefícios do uso do CBD pesam contra os riscos, tornando-o uma solução segura e eficaz.

Então, vamos dar uma olhada nos óleos CBD e ver como eles podem beneficiar seus animais de estimação.

O que é o CBD?

O canabidiol ou CBD é uma tintura natural ou extrato concentrado das plantas de cannabis. É alto no nível de canabinóide e baixo no nível de THC, o que faz você se sentir “mocado”. Esses óleos geralmente são produzidos passando um solvente como butano, azeite, álcool, CO2 e água gelada sobre a matéria madura das plantas de cannabis.

À medida que os solventes passam pelo caule e folhas, eles extraem ou dissolvem o canabinóide, tricomas, terpenos e retêm esses componentes na solução. Esses solventes são então evaporados, deixando um concentrado oleoso chamado óleo CBD.

O uso de CBD é seguro para animais?

É necessário entender que o óleo CBD para cães não é psicoativo. Isso significa que não há como deixar seus animais de estimação “mocados” com esses produtos. Essa é talvez a melhor coisa do óleo de CBD: traz todos os benefícios médicos sem os efeitos psicoativos da maconha.

Agora que você entende o que é óleo de CBD, vamos ver como ele pode beneficiar seus animais de estimação.

Quais animais podem se beneficiar com o CBD?

Em geral, a maioria dos animais de estimação classificados como cordado (com espinha dorsal) tem um sistema endocanabinóide como os humanos. Este sistema desempenha um papel essencial no processamento de componentes de CBD em óleos de CBD. Isso significa que você pode usar esses produtos para quase todos os tipos de animais, incluindo gatos, cães e até cavalos.

Os peixes podem tomar CBD?

Curiosamente, moluscos, peixes e anfíbios também têm um sistema endocanabinóide. De fato, o uso de cannabis ou óleo de CBD para animais deve ser levado mais a sério em termos de cura natural.

Animais de estimação podem sofrer uma variedade de doenças e enfermidades, tanto mentais quanto físicas. Muitos estudos científicos mostraram que o óleo CBD pode ter um efeito positivo no alívio e tratamento de problemas de saúde comuns em humanos. Também é possível usá-lo para cães e gatos, pois eles têm um sistema endocanabinóide para processar. Aqui discutiremos as razões para usar o CBD para tratar seu animal de estimação.

Os benefícios do uso de CBD para animais de estimação

  • Combater a ansiedade

    Depressão e ansiedade surgem quando há uma instabilidade química no cérebro. Os cães são especialmente suscetíveis a esse distúrbio. Documentos registrados por vários médicos veterinários e médicos mostraram que o uso do óleo CBD pode ajudar a estabilizar e normalizar as flutuações químicas resultantes desse tipo de problema de saúde2. Além disso, os componentes do CBD interagem com os dois receptores de adenosina e serotonina no cérebro do seu cão para fazê-lo funcionar corretamente. Muitas pessoas usam o óleo CBD para ajudar a combater a ansiedade da solidão ou a ansiedade gerada por fogos de artifício ou tempestades em cães.

  • Combater células cancerígenas

    As evidências da pesquisa mostram que o óleo CBD tem um impacto significativo na prevenção do crescimento e disseminação das células cancerígenas3. Embora estudos de laboratório tenham acabado de ser realizados em ratos e camundongos, vários relatórios de médicos e especialistas em medicina revelaram vários resultados muito promissores.

  • Parar as convulsões

    Uma convulsão é uma interrupção nas atividades elétricas que pode levar a tremores violentos. As convulsões geralmente se originam no cérebro e podem ser muito difíceis de tratar. Recentemente, alguns estudos científicos mostraram que o uso de CBD pode reduzir significativamente o número e a intensidade dessas interrupções elétricas no cérebro da maioria dos animais de estimação4.

  • Alívio da dor

    Inchaço e dor em cães e gatos são regulados pelo receptor cerebral vanilóide. Quando o CBD interage com esses tipos de neurônios, verificou-se que ele bloqueia e impede o receptor de ativar e sinalizar o corpo que sente dor5.

  • Estimular o apetite

    A pesquisa mostrou que o CBD pode diminuir a náusea e estimular o apetite através da interação com vários neurônios no cérebro do seu animal de estimação. Como resultado, incentiva um cão já doente a se reparar, principalmente quando ele sofre de doenças sistêmicas, como convulsões ou câncer6. O corpo sempre precisa de energia dos alimentos para combater essas doenças e, se não conseguir digerir alimentos suficientes, seus animais de estimação podem enfrentar muitos problemas sérios.

Possíveis Efeitos Colaterais

Os efeitos colaterais do uso de CBD para animais de estimação são relativamente mínimos e só ocorrem em alguns casos extremos. Os problemas mais comumente relatados entre muitos veterinários e médicos são letargia e sonolência. No entanto, a sonolência parece ser um benefício para muitos donos de cães. Em média, seus cães devem dormir aproximadamente 13 horas por dia. Alguns efeitos colaterais relatados extremos incluem vômitos e coceira, mas esses casos são extremamente raros.

Meu cão pode ter uma overdose de CBD?

Em geral, tenha cuidado com uma overdose, pois pode representar um risco sério para seus cães e gatos. Se eles acabarem consumindo muitos componentes de THC, provavelmente sentirão ardência. Os efeitos colaterais de uma overdose podem durar de várias horas a alguns dias, dependendo da quantidade excessiva de óleos CBD. Nesses casos, não é incomum que seus animais de estimação percam o apetite e não sejam capazes de realizar atividades simples como ficar de pé.

Apesar do que muitos donos de animais afirmam, cães e gatos não conseguem dizer se estão ansiosos ou quanta dor estão sentindo. Portanto, depois de dar óleo de CBD para animais de estimação, observe cuidadosamente os efeitos, observando quaisquer alterações em seu apetite, níveis de energia, comportamento e outras atividades.

Se você suspeitar que seus animais de estimação tenham tomado uma overdose de óleo CBD ou algum desses sinais ocorra, pare imediatamente o tratamento e leve-o ao seu veterinário. Além disso, certifique-se de monitorá-los e impedir que esse problema ocorra novamente.

Os veterinários recomendam CBD para animais?

Se você planeja comprar produtos CBD para seu animal de estimação, convidamos você a discutir isso com um veterinário. Mas não se surpreenda se forem contra o tratamento da cannabis. Embora muitos estudos científicos tenham dado resultados positivos, muitos veterinários nem sempre estão atualizados sobre isso.

Você também deve informar e trocar informações com outros donos de animais que já usaram o óleo CBD. Lembre-se de que os efeitos colaterais do óleo CBD são quase nulos, portanto não prejudicam seu animal de estimação. No entanto, se o seu animal de estimação não reagir bem ao óleo CBD após o primeiro tratamento, é fácil pará-lo imediatamente.

É importante escolher um produto de CBD de alta qualidade que seja completamente extraído de plantas de cannabis orgânicas. Essa é a única maneira de garantir que ela esteja livre de mofo, pesticidas e metais pesados, o que pode ser fatal para muitos animais de estimação.

Como usar o CBD com animais de estimação

Os óleos CBD são geralmente administrados por via oral a animais de estimação, o que significa que a maneira mais fácil de usá-los é colocá-los diretamente na boca de seus cães ou gatos com a ajuda de um conta-gotas. No entanto, isso pode ser um desafio para os cães, que são muito agitados e não ficam parados – então seria muito mais fácil se o óleo fosse misturado à comida do animal. Aguarde alguns minutos até que o óleo seja absorvido. A quantidade recomendada é uma gota de óleo CBD para cada quilo de alimento. No entanto, não combine este produto com aves, pois isso pode alterar o equilíbrio de ácidos graxos no sistema digestivo do animal.

Além disso, você pode usar uma seringa de alimentação manual com um conta-gotas de plástico ou uma ponta de alimentação de silicone para aplicar os óleos CBD diretamente na parte posterior da linha da gengiva ou bochecha ou no meio da língua. Para problemas como pequenas feridas, erupções cutâneas, feridas e pontos quentes, a aplicação de óleo CBD, como tintura ou bálsamo, pode ser uma opção melhor.

Se todos esses métodos não funcionarem, tente pingar as gotas em uma tigela de água. Lembre-se de que esse é apenas o último recurso, pois as gotas de óleo podem espirrar facilmente de uma tigela.

Quanto CBD devo dar ao meu animal de estimação?

Como dito anteriormente, a overdose de óleo CBD pode resultar em alguns efeitos colaterais e problemas psicoativos em seus animais de estimação. Portanto, é importante dar ao animal a dose certa. Infelizmente, pesquisas e estudos sobre a quantidade correta de óleo CBD para animais de estimação ainda não são abrangentes.

A regra geral atualmente recomendada por muitos veterinários é dar 1 gota para cada 10 libras do peso do seu animal de estimação. Mas, em vez de usar os produtos CBD às cegas em seu animal de estimação, primeiro converse com um veterinário experiente que entenda o CBD. Se ele nunca usou óleos de CBD, tente incentivar o veterinário a fazer sua própria pesquisa ou você pode até compartilhar alguns artigos sobre esses produtos.

E se meu veterinário não recomendar CBD?

Se você decidir dar óleo de CBD ao seu cão sem a aprovação de um veterinário, aqui está uma diretriz geral recomendada pelos veterinários que usam o CBD.

Recomendações para o uso de óleo CBD em seus animais de estimação:

  • Comece com uma gota de óleo CBD para cada 4,5 kg apenas uma vez por dia
  • Continue dando uma gota a cada 4,5 kg uma vez por dia em uma semana
  • Aumentar a dose para duas vezes ao dia
  • Continue dando a dosagem duas vezes ao dia em uma semana
  • Aumentar a dose para 3 vezes ao dia e manter em uma semana

Obviamente, você pode aumentar a dosagem com base no padrão acima, se necessário. É fácil perceber que o número de gotas a cada 4,5 kg não muda nessa progressão. Apenas a frequência com a qual você aplica essas gotas é ajustada. Observe qualquer reação dos seus animais de estimação e escolha a dosagem certa, que pode proporcionar os benefícios esperados à saúde, sem efeitos colaterais.

CBD para animais – Depoimentos de clientes*

Paradise of Dogs – O abrigo para cães que fez do CBD Oil um “must have” para seus cães

O caso a seguir vem de um abrigo para cães húngaro chamado “Paradise of Dogs”. Os cães do abrigo são tratados regularmente com produtos doados por uma empresa de CBD.

Estas fotos foram tiradas pelo proprietário do abrigo húngaro de animais “Paradise of Dogs”. Nas fotos, você pode ver uma comparação antes / depois de um cão com uma doença de pele chamada demodicose. As fotos foram tiradas com um mês de intervalo. O cão foi tratado regularmente com óleo de CBD.

⭐Veja a história completa aqui! ⭐

Está tudo ótimo ⭐⭐⭐⭐⭐

“Está tudo ótimo! O conselho e o transporte! A coisa mais importante: meu cachorro está bem! ”

Depoimento de M. Dovermann via Trustpilot


O óleo de CBD é muito bom para cachorros ⭐⭐⭐⭐⭐

Nosso cão toma o óleo CBD duas vezes ao dia duas gotas sob a comida há meio ano.
Até o nosso veterinário recomendou … ajuda com ansiedade, dor crônica e muito mais … só posso recomendar.

Depoimento de Krin via Trustpilot


Conclusão

No geral, muitas décadas de estudos comprovaram que a maconha medicinal ou mais especificamente os óleos CBD têm inúmeros benefícios à saúde dos animais. Você pode usar esses produtos regularmente para manter seus animais de estimação saudáveis e para aliviar a ansiedade, dor, câncer ou convulsões.

Embora os óleos CBD sejam menos tóxicos para os animais de estimação em comparação com outros medicamentos, uma overdose levaria a alguns possíveis efeitos colaterais em seus cães ou gatos. Se estiver usando óleos de CBD corretamente, você terá um amigo peludo ao seu lado por anos.

Referências

  1. Hill, K., Palastro, M., Johnson, B. and Ditre, J. (2017). Cannabis and Pain: A Clinical Review. Cannabis and Cannabinoid Research, 2(1), pp.96-104.  []
  2. Crippa, J., Derenusson, G., Ferrari, T., Wichert-Ana, L., Duran, F., Martin-Santos, R., Simões, M., Bhattacharyya, S., Fusar-Poli, P., Atakan, Z., Filho, A., Freitas-Ferrari, M., McGuire, P., Zuardi, A., Busatto, G. and Hallak, J. (2010). Neural basis of anxiolytic effects of cannabidiol (CBD) in generalized social anxiety disorder: a preliminary report. Journal of Psychopharmacology, 25(1), pp.121-130. []
  3. Lukhele, S. and Motadi, L. (2016). Cannabidiol rather than Cannabis sativa extracts inhibit cell growth and induce apoptosis in cervical cancer cells. BMC Complementary and Alternative Medicine, 16(1). []
  4. CARLINI, E. and CUNHA, J. (1981). Hypnotic and Antiepileptic Effects of Cannabidiol. The Journal of Clinical Pharmacology, 21(S1), pp.417S-427S. []
  5. Xiong, W., Cui, T., Cheng, K., Yang, F., Chen, S., Willenbring, D., Guan, Y., Pan, H., Ren, K., Xu, Y. and Zhang, L. (2012). Cannabinoids suppress inflammatory and neuropathic pain by targeting α3 glycine receptors. The Journal of Experimental Medicine, 209(6), pp.1121-1134. []
  6. National Cancer Institute. (2019). Cannabis and Cannabinoids (PDQ®)–Health Professional Version. [online] Available at: https://www.cancer.gov/about-cancer/treatment/cam/hp/cannabis-pdq#section/all  []

Connect with CBD users on Facebook
Do you want to benefit from the experience of other CBD users? Do you have questions about CBD? Check out this active CBD group on Facebook.

About The Author

Alyssha Bal

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *