9 min.

Update:

O CBD é uma abreviação de cannabidiol, um componente do cânhamo e da cannabis que não possui propriedades intoxicantes e que se diz ter muitos benefícios à saúde. Algumas das perguntas mais comuns é: «Qual é a dose diária correta de óleo de CBD para mim? Quantas vezes por dia devo tomar o óleo de CBD? Qual é a quantidade ideal em mg ou gotas que devo tomar do CBD? Quais produtos CBD atendem às minhas necessidades? O óleo é a melhor opção para mim? Como eu posso dosar o óleo? Se você usa a pesquisa no Google, encontrará muitas doses diferentes para diferentes produtos. A verdade é que essa pergunta é complexa e difícil de responder.

Como se toma o óleo de CBD?

O CBD é um composto natural de plantas, portanto, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS)1, é seguro consumir enquanto estiver limpo e não contiver toxinas. Quando se trata de uma dose ideal, muitas pessoas precisam de orientação. Compilamos este guia simples de dosagem, recomendado no livro “CBD: Guia do paciente para a cannabis medicinal”, de Leonard Leinow e Juliana Birnbaum. Leonard Leinow fundou a Synergy Wellness, um coletivo sem fins lucrativos de cannabis medicinal no norte da Califórnia, e tem três décadas de experiência no cultivo e estudo de cannabis medicinal. Ambos os autores são especialistas em CBD. Juliana Birnbaum viveu e trabalhou em muitos países e fundou o Voices in Solidarity, uma iniciativa que trabalha com líderes tribais da Amazônia brasileira para apoiar o desenvolvimento de um centro colaborativo de educação ambiental.


O livro em inglês “CBD – A Patient’s Guide to Medical Cannabis ” de Leonard Leinow e Juliana Birnbaum2 é uma excelente fonte para aqueles que ainda não estudaram o CBD e suas propriedades medicinais. O livro está cheio de informações sobre CBD, sua história, uso, dosagem, estudos sobre seu uso em uma variedade de doenças e muito mais.


Dose recomendada

Existem vários factores que precisam ser considerados ao procurar a dosagem perfeita de CBD para você. Alguns deles são:

  • Seu estado de saúde ou desconforto.
  • A gravidade da sua situação.
  • Seu metabolismo.
  • Problemas de pressão arterial.
  • Sua reacção ao CBD.
  • Seu peso.
  • Sensibilidade à cannabis.
  • A química pessoal do seu corpo (isso inclui quaisquer outros medicamentos que você possa estar tomando).
  • Os produtos CBD que você escolher

Então, quanto CBD eu deveria tomar?

Baseado no guia do livro, recomendamos o método de escalonamento da dose até que os resultados mais desejados sejam alcançados. O termo usado no livro é “titration” – em português “avaliação” ou “padronização”. Este é um termo retirado da química que significa dar pequenos passos ao longo do tempo para permitir um ajuste lento. Ao usar esse método, você está adaptando a quantidade de óleo para atender às suas necessidades. Cada pessoa é diferente e a reacção de cada pessoa ao CBD é diferente.

Método de escalonamento

Como mencionado anteriormente, recomendamos o método de escalonamento para encontrar a quantidade que determinará a dose ideal dos produtos de CBD que estamos tomando:

  1. Leinow e Birnbaum recomendam em seu livro “CBD: Um guia do paciente para cannabis medicinal” para começar com uma microdose, dose padrão ou até macrodose, dependendo do tipo de sintomas.
  2. Se você escolheu uma das tabelas de dosagem (veja abaixo), procure o seu peso corporal na coluna da esquerda. Se você estiver entre os valores mostrados, use o valor aproximado como guia.
  3. Comece com a dose diária mais baixa de acordo com a dose a ser descrita no ponto 1. Esta é a sua dose inicial. Siga-o por uma semana.
  4. Escute seu corpo e faça anotações, se possível. Se considerar necessário, você pode aumentar a dose de CBD, mantê-la por uma semana e assim por diante. Não é necessário tomar uma quantidade fixa de gotas de uma só vez. Para quantidades maiores, é aconselhável dividir as gotas pela manhã, meio-dia e noite.
  5. Se notar algum efeito negativo, reduza a dose. Não se trata de aumentar constantemente a dose, mas de encontrar a dosagem ideal. Uma dose muito baixa ou muito alta é menos eficaz.
  6. Depois de encontrar uma dose com a qual se sinta confortável, mantenha-a. Esta pode ser a sua dosagem ideal a partir de agora.

Microdose

A quantidade de 0,5 a 20 mg de óleo de CBD por dia (CBD/dose/dia) é uma microdose que muitos usuários tomam para as seguintes condições:

  • Distúrbios do sono, como insônia
  • Enxaqueca e outros tipos de dores de cabeça
  • Alterações de humor
  • Náuseas e sintomas da menopausa
  • TEPT – Transtorno de stress pós-traumático
  • Estresse e inquietação
  • Distúrbios metabólicos

Para microdosagem, recomendamos 500mg de óleo de CBD. Uma gota de 500mg do óleo contém 2 mg de CBD.

Tabela de microdosagem: número de gotas x concentração de óleo de CBD

Dose padrão

A quantidade de 10 a 100 mg de óleo por dia é a dosagem padrão para as seguintes condições:

  • Dor crônica
  • Inflamações
  • Doenças autoimunes
  • Doença de Lyme
  • Transtorno de ansiedade moderado
  • Depressão
  • Fibromialgia
  • Esclerose múltipla
  • Autismo
  • Doença de Crohn e SII (síndrome do intestino irritável)
  • Artrite reumatóide

Para uma dosagem padrão, recomendamos 1500 mg ou 2500 mg de óleo de CBD. Uma gota do óleo de 1500 mg contém 6 mg de CBD e 1 gota de óleo de 2500 mg contém 6,7 mg de CBD.

Para óleo de CBD 1500 mg: 3 gotas 3 vezes ao dia = 54 mg de CBD

Para óleo de CBD 2500 mg: 3 gotas 3 vezes ao dia = 60 mg de CBD

Tabela de doses padrão: número de gotas x concentração de óleo CBD

Macrodose (ou dose terapêutica)

A macrodose está na faixa de 50 a 800 mg de CBD por dia. Esta dose de CBD pode ser recomendada para as doenças listadas:

  • Câncer
  • Epilepsia – Dravet, Goose e Síndrome de Lennox-Gastaut
  • Doenças hepáticas

Para uma macrodose, recomendamos a pasta de 30%, 40% ou 50% de CBD.

Pasta 30% de CBD: 1 mililitro contém 300 mg CBD.

Pasta 40% de CBD: 1 mililitro contém 400 mg de CBD.

Pasta 50% de CBD: 1 mililitro contém 500 mg CBD.

Tabela de macrodosagem: número de gotas x concentração de óleo CBD

Orientações Gerais de Dosagem

É importante lembrar que não existe uma dose única no que diz respeito ao CBD. A quantidade de CBD que determina a dose ideal varia de pessoa para pessoa, dependendo de vários factores já mencionados acima. Uma boa ideia é pedir ao seu médico ou consultor de saúde para aconselhá-lo sobre a quantidade de CBD que você deve tomar.

  • Decida como você deseja tomar o CBD. Os produtos CBD vêm na forma de óleos, pastas, e-líquidos e cápsulas. Para mais informações, consulte nosso artigo sobre Como usar o CBD.
  • Não tome muito CBD. É importante ter em mente que na terapia com cannabis geralmente “menos é mais”. Se você não estiver obtendo os resultados desejados com uma dose mais alta, considere reduzir a dose, em vez de aumentá-la. Este método ajudou muitos pacientes a encontrar seu “ponto ideal” por um determinado período de tempo. Monitore os resultados e ajuste a dose conforme necessário.
  • Se já estiver a tomar outros medicamentos sujeitos a receita médica, considere possíveis efeitos secundários e interacções medicamentosas. Deve discutir este assunto com o seu médico.

Para sua informação

Para uma condição médica, consulte sempre um profissional de saúde antes de consumir CBD. Os produtos CBD não se destinam a diagnosticar, tratar, curar ou prevenir doenças, enfermidades ou condições da pele. Qualquer informação contida ou disponibilizada através de qualquer material de marketing não se destina a ser usada como substituta do conselho de saúde ou a informação de profissionais de saúde licenciados. Consulte um profissional de saúde autorizado sobre possíveis interacções ou complicações antes de usar os produtos.

Referências

  1. Expert Committee on Drug Dependence (2018). CANNABIDIOL (CBD). [online] World Health Organization []
  2. Leinow,, L. and Birnbaum, J. (2017). CBD: A Patient’s Guide to Medicinal Cannabis. North Atlantic Books. []

Connect with CBD users on Facebook
Do you want to benefit from the experience of other CBD users? Do you have questions about CBD? Check out this active CBD group on Facebook.

About The Author

Alyssha Bal

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *